31.12.10

Retrospectiva 2010


O ano começou no mar, molhando minhas calças jeans e meus tênis xadrezes. Tenho a impressão de que o vi se aproximando de levinho, mas pode ter sido só porque eu estava podre de bêbada. E foi assim que eu entrei 2010: As calças novas e limpas encharcadas e salgadas, a lentilha de Gabi que não passava de uma mera lembrança, apoiando nos ombros do Cris pra conseguir andar, de tão bêbada que estava. Um ano que se iniciou desse jeito não pode dar certo. Ou será que pode?

Pois deu certo. E, mesmo bêbada e com as calças em petição de miséria, liguei pros meus pais, com quem não falava direito há anos. E fiz as pazes com tantas outras pessoas queridas que mal consigo contar. E essa foi a tônica que definiu meu ano: muitos encontros e reencontros felizes.

Conheci muita gente boa, tanto pessoalmente quanto virtualmente. Me aproximei mais de pessoas que já eram próximas, me diverti, ri horrores, chorei pouco, compartilhei tudo e, no fim das contas, o saldo é mais do que positivo.

Foram 365 dias de boas histórias, de piadas, de lendas. Madrugadas em claro estudando. Madrugadas em claro preparando aula. Mas, mais importantes do que essas: madrugadas em claro com os amigos, seja dançando - e perdendo a dignidade -, seja bebendo - e perdendo a dignidade -, seja conversando e acalentando o coração. Nenhuma noite perdida, afinal.

Resolução pro ano novo? Ser feliz. Ou melhor, continuar sendo. E continuar correndo atrás dos meus sonhos. Porque eu sei bem onde quero chegar, mas o caminho eu vou decidindo na doida, e olha, o que eu puder fazer para que seja o mais divertido possível, PODE TER CERTEZA QUE EU VOU FAZER.

Quero terminar esse texto com agradecimentos e mensagens especiais. Porque, se meu 2010 foi um sucesso, a culpa é integralmente de vocês! Lá vai:

Pai e Analu - vocês são os melhores pais do mundo, mesmo. Pena que só fui perceber isso esse ano.
Cris - pra sempre, tá?
Ana - cuida bem dos meus três amores. E obrigada pela paciência.
Pri - vê se para de sumir, sua linda!
Nams e Anine - vamos dar aloca muitas vezes na faculdade esse ano, né, que mais um pouco e eu não vou estar mais com vocês.
Taz - brigamos, fizemos as pazes, nos afastamos de novo, e agora, o "pra sempre" também vale pra você, viu?
Dude - e as reséééééénhas!
Ty - ou melhor, Dean!
K - só uma palavra: CERVEJA!
Chico - que é um porre, mas a gente ama ele mesmo assim.
Fe - qualquer coisa com você é divertida, até escrever poesia concreta. Vamos brincar de nunca mais perder contato de novo?
Dea S - porque os ciggy-breaks nunca mais foram os mesmos.
Sue - porque as meninas super-poderosas precisavam de uma Lindinha!
Ham - mas só se parar com os comentários que me deixam TERRIVELMENTE CONSTRANGIDA.
Nique - e seus conselhos super cabíveis, sejam no âmbito estético, sejam no âmbito sentimental.
Kee - quando você aprender a parar de deixar pra me chamar pra fazer as coisas em cima da hora, você vai virar o amigo perfeito, haha. Vou sentir saudades de almoçar com você em Bio. Obrigada por ter mudado minha vida esse ano, mesmo que você nem se dê conta disso <3
Mine - que até de mau humor no twitter é linda.
Minmins - INDIE FOFA! INDIE FOFA! <3
Sly - o melhor irmão que uma pessoa da esbórnia podia ter.
Dea D - queria MUITO ter te encontrado em SP. Muito MESMO.
SN, Blao, Paulinha, Shay, Ed, Ted, Dan, Arthur, Pet, Limão - Pra vocês, minha mensagem de feliz ano novo vai ficar pra abril, tá? <3
Kazu - CADÊ ESSE LÍNGUA DE PRATA???
Milk - amor de mãe, né?
9, Bru, This, Thiz, Thin, Cercal, Lipe, Caioc, Caion, Vic, Pi, Piet, Fran, Gi, Guils, Di, Luc, Lety, Mandy, Ohki, Carolls, Rafa, Drei, Becca, Thad  - vocês foram as estréias mais aclamadas do meu ano. Obrigada por me aceitarem no grupo, obrigada por fazerem parte da minha vida (e sim, o momento emo de fim de ano continua. Deve durar até amanhã, mais ou menos, ou até eu ficar bêbada). Se eu for entrar em detalhes individualmente, vou ficar até ano que vem (rs) escrevendo, e pretendo que esse post vá ao ar antes da meia-noite. Mas cada um de vocês tem um lugarzinho especial aqui, ó <3 E, se eu esqueci de alguém, MIL PERDÕES. É muita gente pra pouco tempo, haha <3

E, a uma pessoa especial (você sabe que é você): cuida bem do que eu te dei, tá? Se for pra me devolver algum dia, faça o seu melhor pra me devolver inteiro. Eu também estarei cuidando do que você me deu com todo o carinho (L)

E aí, 2010? Já deu, né? Faz sua dancinha apoteótica aí enquanto dá tempo, e deixa logo 2011 e todas essas expectativas boas chegarem!

Um comentário:

Aline disse...

Ah, não sei o que é... Finais de ano me deixam meio assim, sei lá. q

Acho que é a sensação de trabalho não cumprido como diz a Tanko. Ou é simplesmente por ser "final" (mesmo tudo continuando normal no dia seguinte). Bate uma vontade de chorar, ou de parar e analisar tudo o que passou como se eu não tivesse a oportunidade de fazer isso depois... Ou talvez eu seja louca mesmo.

Achei tão lindo esse seu texto... Fico feliz que seu ano tenha sido tão legal. E fico feliz por fazer parte disso, de alguma forma.
Confesso que fico triste sempre que tu fala que vai embora, apesar de rolar uma culpinha por me sentir assim, afinal, é o seu futuro em jogo.

Mazenfim, espero que 2011 seja legal pra todos nós.

Compartilhe!