11.7.14

Pilatos

Só desta vez, sou inocente
Desta vez, minhas mãos estão limpas
Não sou a causa dos seus males
Não plantei suas discórdias
Não dancei a sua música

Olhe nos meus olhos e procure a culpa
Mas não olhe para mim
Não me macule com suas dúvidas

Tire seus olhos de mim e me esqueça
Me deixe dormir em paz.



(Escrito em 16/09/09)

Nenhum comentário:

Compartilhe!