19.4.14

Quebra-cabeças

E então que as coisas encaixaram nos seus devidos lugares e nada na verdade encaixou onde devia.
Nada funciona bem. Nada funcionou. Nada nunca funcionou.

Na verdade, tentamos até onde podíamos e nada foi capaz de suprir os espaços vazios onde os buracos desse quebra-cabeças que chamamos de vida tentavam se encaixar. E ainda assim continuamos tentando, até a exaustão. E nada continuou a funcionar.

Na verdade, acho que talvez sejamos novos demais. Jovens demais. Imaturos demais. Talvez, ao contrário, sejamos almas velhas demais e já tenhamos passado por isso antes e nossa experiência seja frágil demais pra nos ajudar a resolver isso.

Talvez, só talvez, a vida tenha desandado em algum ponto e a gente tenha perdido o momento de voltar a fazer as coisas andarem na direção certa.

Não sei se quero saber. Só sei que as coisas não são capazes de voltar aos lugares certos assim tão fácil. E as peças nunca mais vão se encaixar...

Compartilhe!