2.8.09

Cama de gato

As linhas de nossas vidas se entrelaçam e fazem padrões obscuros. Observando a forma como agimos, tenho certeza de que há alguma lógica envolvida, mas meu pensamento excessivamente terreno não me permite identificar qual é. Só percebo nossos caminhos se cruzando de novo, e chego a crer que gostamos disso. Gostamos da estranha sensação de segurança que saber que tornaremos a nos esbarrar nos passa. Era pra ser. Sempre foi pra ser. E seguirei acreditando que será novamente, algum dia, enquanto nossas vidas continuarem tão entranhadas uma na outra que é impossível definir onde começa a minha e onde termina a sua. Um dia, essa definição deixará de ser necessária, porque será uma linha nossa. Sem princípio, nem fim, apenas laços.

Nenhum comentário:

Compartilhe!