6.7.09

A princesinha do lotação

A pequena princesinha subiu apressada em seu ônibus-coche de faz-de-conta e, por trás da máscara, piscou seus olhinhos curiosos. Olhou para seus súditos-passageiros e pareceu dar-se conta, de estalo, que não cabia bem a uma princesa mostrar-se amarrotada como estava. Alisou as pregas da saia muito colorida, ajeitou os longos cabelos de rapunzel-sem-trança, cruzou as mãozinhas minúsculas e delicadas sobre os joelhos e sorriu um sorriso de mil sóis. Ou antes, vinte e outo sóis, perfeitamente brancos. E assim ficou, infante com ares de grande dama, sentada comportadamente até sua mãe pagar a passagem ao cobrador.


Creative Commons License
A Princesinha do Lotação by Dianna Montenegro is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.5 Brasil License.

Um comentário:

Tássia Pellegrini disse...

adorei esse seu textinho. És delicada e ao mesmo tempo precisa em cada detalhe em seus textos.

Compartilhe!